Skip navigation

Reuters Quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 16h21

WASHINGTON – Mais de 5.800 pessoas morreram e 515 mil ficaram feridas em 2008 em acidentes de trânsito nos Estados Unidos vinculados à direção distraída.

Os números, retirados de relatórios policiais, foram divulgados hoje no início de uma conferência do governo sobre uso de celular e outras distrações ao volante conduzida pelo secretário dos Transportes, Ray LaHood.

Leia também:

Os dados são significativos mas podem não mostrar todo o problema uma vez que identificar distração como causa de acidentes, especialmente em acidentes fatais, é difícil, ressaltaram autoridades do departamento dos Transportes e especialistas em segurança.

Entre as principais causas de acidentes no trânsito por distração nos EUA estão uso de celular para falar e enviar mensagens, comer, conversar com passageiros e manipular o rádio ou outros controles do veículo, de acordo com especialistas em segurança.

Montadoras de veículos, indústria da telefonia celular, parlamentares e outros grupos apoiam esforços para se proibir o envio de mensagens de texto enquanto se dirige. Por outro lado, impedir o uso do celular tem recebido menos apoio.

Cerca de 6% dos motoristas, ou 812 mil pessoas em um dado momento, tinham em 2007 por hábito usar celulares ao volante, enquanto 1% utilizaram outros aparelhos portáteis para enviar mensagens ou ler.

Cerca de 37 mil pessoas morreram em estradas dos Estados Unidos no ano passado.

Todo mundo sabe o RISCO! 37 mil estão fora da curva normal de apetite ao risco.

BRASIL

Temos algum numero? Comparação com álcool por exemplo?

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: